IEDV | Instituto Venoso

Endovein News

Uso de meia elástica na insuficiência venosa e varizes de membros inferiores – Mitos e Realidades

A úlcera de membros inferiores é a forma mais severa e debilitante da insuficiência venosa crônica, atingindo de 1 a 2% dos paciente acima de 70 anos e, apesar do tratamento adequado, apresenta altas taxas de recorrência. A ablação de veias incompetentes do sistema superficial, de perfurantes e correção de obstruções venosas profundas aumentam as taxas de cicatrização e reduzem chances de recidiva de feridas.

Leia Mais »

Tratamento de refluxo superficial, de perfurantes e obstrução venosas profunda melhoram a cicatrização de úlceras venosas crônicas de membros inferiores

A úlcera de membros inferiores é a forma mais severa e debilitante da insuficiência venosa crônica, atingindo de 1 a 2% dos paciente acima de 70 anos e, apesar do tratamento adequado, apresenta altas taxas de recorrência. A ablação de veias incompetentes do sistema superficial, de perfurantes e correção de obstruções venosas profundas aumentam as taxas de cicatrização e reduzem chances de recidiva de feridas.

Leia Mais »

A melhora dos sintomas contralaterais no uso de stent venoso ilíaco unilateral advoga contra o uso da técnica de stent bilateral

Nos últimos anos, temos acompanhado uma atenção crescente no diagnóstico e tratamento das obstruções crônicas da veia ilíaca. Muitos pacientes apresentam obstrução ilíaca bilateral, sendo que muitas vezes, na prática, um dos membros é mais sintomático do que o outro. Esse estudo fez uma análise retrospectiva de pacientes submetidos a angioplastia venosa ilíaca no período de 2015 a 2017.

Leia Mais »

Simpósio Dante Pazzanese de Intervenção Endovascular nas Síndromes Venosas Obstrutivas (Endovein)

A úlcera de membros inferiores é a forma mais severa e debilitante da insuficiência venosa crônica, atingindo de 1 a 2% dos paciente acima de 70 anos e, apesar do tratamento adequado, apresenta altas taxas de recorrência. A ablação de veias incompetentes do sistema superficial, de perfurantes e correção de obstruções venosas profundas aumentam as taxas de cicatrização e reduzem chances de recidiva de feridas.

Leia Mais »